Artigos e Publicações

A ABA e as suas afinidades com a área cultural

A ABA e as suas afinidades com a área cultural

Publicado em 7 de janeiro de 2020

Engajamento do sócio fundador do escritório amplia demandas por consultoria jurídica neste segmento

A cultura e as artes têm sido alvo da dedicação do sócio fundador do escritório, o Dr. Wilson Ballão, desde o início de sua carreira. Tal paixão foi herdada do bisavô, o famoso pintor norueguês Alfredo Andersen, e tem conduzido o advogado a diversas conquistas: hoje, ele é fundador e presidente da Sociedade Amigos de Alfredo Andersen, já foi Conselheiro do Museu Oscar Niemeyer e, em setembro, foi nomeado em assembleia como presidente do Instituto de Apoio à Orquestra Sinfônica do Paraná – IAOSP.

A inauguração de um departamento específico para Assuntos Culturais e Terceiro Setor em 2014 foi uma consequência deste engajamento do fundador da ABA. Atualmente, sob a coordenação da advogada Marcella Souza, este departamento oferece consultoria jurídica especalizada a empresas interessadas em patrocinar eventos e grupos artísticos, entidades que desejam propor projetos, companhias que almejam entrar em editais, espaços que precisam potencializar a sua administração, organizações que necessitam gerir as suas propriedades intelectuais, entre outras demandas.

A proximidade da Andersen Ballão com algumas entidades culturais de significativa relevância local também é um dos motivos do crescente volume de trabalho deste Departamento nos últimos anos. Por meio da relação com a Secretaria Estadual de Cultura do Paraná, em razão da gestão compartilhada do Museu Alfredo Andersen com a Sociedade Amigos de Alfredo Andersen, o escritório participa de todas as questões jurídicas e administrativas do Museu.

Também com a administração do Teatro Guaíra a ABA tem se envolvido, atuando em parcerias com a Associação de Bailarinos e Apoiadores do Balé Teatro Guaíra e na criação do Instituto de Apoio à Orquestra Sinfônica do Paraná, além de prestar consultoria à própria Diretoria do Teatro e ao PALCOPARANÁ – Serviço Social Autônomo criado pelo Centro Cultural Teatro Guaíra (CCTG) como solução para regularizar os cargos artísticos mantidos pelo espaço.

Questões burocráticas, jurídicas e administrativas que envolvem projetos da Lei Rouanet também estão entre as atribuições do Departamento de Assuntos Culturais da ABA. Além dos projetos citados, outras ações estão sendo tocadas pela ABA neste segmento. Entre elas, estão: o acompanhamento e assessoramento na reforma do Belvedere – edifício pertencente à Academia Paranaense de Letras na Praça João Cândido e a parceria no projeto Dança nas Escolas, do produtor cultural Octavio Nassur.

Matérias Relacionadas

Empresas devem correr para cumprir prazo da ECF e Lei do Bem

Empresas devem correr para cumprir prazo da ECF e Lei…

Prestação de contas ao fisco e solicitação do incentivo fiscal estão entre as principais demandas tributárias do ano. Prazo vence dia 30 de setembro  …

Leia mais
Voluntariado remoto é oportunidade para empresas ampliarem atividades sociais na pandemia

Voluntariado remoto é oportunidade para empresas ampliarem atividades sociais na…

Descubra como cada setor pode utilizar essa modalidade para marcar presença na área de responsabilidade social   Sua empresa dá oportunidade aos funcionários de trabalhar…

Leia mais
Novas regras de marketing jurídico devem ser usadas para difundir conteúdo relevante

Novas regras de marketing jurídico devem ser usadas para difundir…

Andersen Ballão Advocacia atualiza práticas para garantir uma comunicação democrática e informativa   Trazer informações embasadas, atuais e de interesse público é também um serviço…

Leia mais