Artigos e Publicações

ABA apoia filme-concerto com obra de Chaplin

ABA apoia filme-concerto com obra de Chaplin

Publicado em 7 de janeiro de 2020

Na última quarta-feira, a Orquestra Sinfônica do Paraná amplificou o drama do filme Luzes da Cidade no Teatro Positivo, sob regência do maestro Stefan Geiger

Entre as várias áreas do Direito atendidas pela Andersen Ballão Advocacia estão o 3º Setor e Assuntos Culturais. Faz parte do trabalho do escritório apoiar e desenvolver projetos que aproximem a arte e a cultura da realidade das pessoas. Por isso, o escritório foi um dos apoiadores do evento CHAPLIN – CITY LIGHTS, Filme-Concerto com a Orquestra Sinfônica do Paraná – Série de Apresentações Extravagantes, que aconteceu no Grande Auditório do Teatro Positivo no dia 26 de setembro.

A ação fez parte das comemorações de 10 anos do Teatro e iniciou um calendário anual de atrações voltadas à música clássica e erudita. O objetivo da apresentação foi unir a arte e a genialidade do cinema-mudo de Charles Chaplin ao som do mais tradicional grupo de música erudita do Paraná.

A fusão atraiu o interesse dos amantes das duas linguagens, e o evento reuniu mais de 1,3 mil espectadores. “Foram quase duas horas de puro encantamento, em que o público acompanhou a trilha sonora do filme Luzes da Cidade (CITY LIGHTS), tocada ao vivo pela Orquestra Sinfônica do Paraná, enquanto assistiu à projeção do filme no palco”, comenta Wilson José Andersen Ballão, sócio-fundador da Andersen Ballão Advocacia e presidente do Instituto de Apoio à Orquestra Sinfônica do Paraná (IAOSP).

O espetáculo contou com a condução do maestro alemão Stefan Geiger – titular da Orquestra Sinfônica do Paraná, corpo estável do Centro Cultural Teatro Guaíra, além de idealizador do Instituto de Apoio à Orquestra Sinfônica do Paraná (IAOSP). Ele destaca o desafio de montar a trilha ao vivo de uma obra tão grandiosa como Luzes da Cidade, ainda mais que o próprio Chaplin, além de ator, também produzia, dirigia e compunha as músicas de seus filmes. “Mesmo sem saber escrever música, ele narrava para compositores aquilo que queria ouvir e só aceitava quando estivesse exatamente do jeito que havia imaginado”, declara o maestro.

“Apoiar um evento como esse é uma honra, além de um desafio”, avalia Marcella Souza, coordenadora do Departamento de Assuntos Culturais e Terceiro Setor da Andersen Ballão. “Afinal, tudo precisava ser produzido em conformidade com The Chaplin Office [representante da família e obra do cineasta] e suas respectivas associações de direitos de imagem e reprodução das obras. Países como a França, Itália e Estados Unidos estavam envolvidos nas negociações para que tudo desse certo.”

Luzes da Cidade é um filme de comédia romântica americano produzido em 1931, estrelado, escrito e dirigido por Charles Chaplin, e conta a história de um andarilho que se apaixona por uma jovem florista cega. Neste filme, Chaplin revelou o auge de sua versatilidade, num momento crítico de sua carreira, quando o cinema mudo dava lugar à produção sonora. Assim, o filme ganhou um dramático acompanhamento musical e efeitos sonoros pontuais.

Matérias Relacionadas

IAOSP promove vídeos especiais da Orquestra Sinfônica no fim de ano

IAOSP promove vídeos especiais da Orquestra Sinfônica no fim de…

Criações multimídia de 2020 encantaram público pela seleção de obras e criatividade; conheça algumas delas   Após oito meses de muita criatividade e inúmeras gravações…

Leia mais
Em entrevista, Dr. Ballão destaca legado de Alfredo Andersen

Em entrevista, Dr. Ballão destaca legado de Alfredo Andersen

Advogado e bisneto do artista trouxe detalhes do trabalho de conservação e divulgação da memória do pintor. Assista pelo YouTube Bisneto de Alfredo Andersen, o…

Leia mais
Home office exige responsabilidade e cuidados

Home office exige responsabilidade e cuidados

Advogada da ABA lembra que tanto a empresa quanto o colaborador têm obrigações a cumprir durante a pandemia   Apesar do grande número de empresas…

Leia mais