Artigos e Publicações

ABA é destaque na Revista Análise Advocacia 500

ABA é destaque na Revista Análise Advocacia 500

Publicado em 7 de janeiro de 2020

Escritório está entre os mais admirados do país

A Andersen Ballão tem a honra de, todos os anos, ser mencionada na Revista Análise Advocacia 500. Trata-se de uma publicação tradicional que, anualmente, faz um levantamento do mercado jurídico brasileiro. Em 2014, a ABA figurou no grupo dos mais admirados do Estado do Paraná.

A Revista Análise Advocacia 500 é um anuário que realiza uma pesquisa detalhada com diretores jurídicos de 1,5 mil companhias brasileiras. As perguntas visam levantar quais são os escritórios de advocacia e advogados do país que eles mais admiram, independente de utilizarem os seus serviços ou não.

Além de ter alcançado excelente posição entre os escritórios do Paraná, a ABA teve um de seus sócios reconhecido como o mais admirado do país no setor Químico e Petroquímico: Rafael Filippin. Ele conquistou, ainda, o terceiro lugar na categoria Direito Ambiental e está em segundo lugar dentro do grupo dos mais admirados do Paraná, considerando todas as áreas do Direito. Filippin é mestre em Direito e Doutorando em Meio Ambiente e Desenvolvimento pela UFPR.

Matérias Relacionadas

Lei que exige afastamento de gestantes do trabalho presencial requer cuidados

Lei que exige afastamento de gestantes do trabalho presencial requer…

Mesmo com a vacina e caso haja o desejo por parte da colaboradora em permanecer na empresa, a recomendação é seguir a legislação   Desde…

Leia mais
Lei do Bem estimula inovação, pesquisa e desenvolvimento

Lei do Bem estimula inovação, pesquisa e desenvolvimento

Saiba como proceder da melhor forma no levantamento de informações a serem enviadas até 31 de julho   Um dos principais mecanismos de fomento brasileiros,…

Leia mais
Taxa Siscomex é alterada a partir de junho

Taxa Siscomex é alterada a partir de junho

Saiba como proceder com relação às mudanças tributárias no comércio exterior   Com a publicação pelo Ministério da Economia da Portaria nº 4.131/2021, ficam alterados…

Leia mais