Artigos e Publicações

ABA implanta setor de controladoria jurídica

ABA implanta setor de controladoria jurídica

Publicado em 7 de janeiro de 2020

Nova área vai aprimorar a gestão de processos e acelerar o fluxo de informações processuais

Analisar e aprimorar as suas estratégias de gestão tem sido uma constante para a Andersen Ballão Advocacia. Esse processo se intensificou em 2012, com a contratação de uma consultoria especializada que impulsionou as áreas de Comunicação, Finanças, Gestão de Pessoas e Gerência Jurídica. Em 2016, as mudanças continuam com o desenvolvimento do setor de Controladoria Jurídica da ABA, um órgão que visa aperfeiçoar ainda mais a gestão de processos e elevar a qualidade das informações prestadas aos clientes.

A controladoria jurídica da ABA vai atuar em três frentes: no controle de processos, nos indicadores de desempenho e gestão de carteira e no auxílio às boas práticas de compliance. Para coordenar essas atividades, no início deste ano, a equipe do escritório ganhou um importante reforço: a advogada especializada em Gestão Empresarial Marcella Marinho Vicentini Bordignon, contratada especialmente para a função.

Marcella explica que, no que diz respeito ao controle de processos, o mais novo setor da ABA fará a auditoria dos procedimentos de trabalho de seus profissionais, como o controle de audiências, petições, prazos processuais, entre outras atividades. ”Esse controle vai permitir uma análise mais detalhada de casos específicos e garantir alta segurança aos trâmites de cada processo”, enfatiza a advogada.

Outra responsabilidade da controladoria jurídica da Andersen Ballão será a apresentação de indicadores de desempenho e gestão de carteira. A nova controller explica que a auditoria dos processos vai permitir aos gestores do escritório analisar as estatísticas de suas equipes, carteiras e potenciais: “será possível analisar de forma estratégica o comportamento da carteira de ações e o potencial dos colaboradores”.

Essa constante conferência de informações e a elaboração de estatísticas e indicadores de desempenho da equipe vai trazer, ainda, uma maior transparência no cumprimento das regras de compliance. Segundo Marcella, isso será possível pois a controladoria jurídica “vai potencializar a aplicação de princípios éticos e auxiliar a emissão de relatórios de auditoria a clientes”.

A advogada se declara consciente do grande desafio e responsabilidade que tem pela frente, mas demonstra excelentes expectativas sobre a implantação do mais recente setor do escritório. “Integraremos os métodos já utilizados pelos departamentos da ABA e unificaremos a forma de comunicação. Isso vai trazer maior objetividade de informações e garantia de continuidade no cumprimento das demandas dos clientes com excelência”, coloca.

Matérias Relacionadas

Empresas devem correr para cumprir prazo da ECF e Lei do Bem

Empresas devem correr para cumprir prazo da ECF e Lei…

Prestação de contas ao fisco e solicitação do incentivo fiscal estão entre as principais demandas tributárias do ano. Prazo vence dia 30 de setembro  …

Leia mais
Voluntariado remoto é oportunidade para empresas ampliarem atividades sociais na pandemia

Voluntariado remoto é oportunidade para empresas ampliarem atividades sociais na…

Descubra como cada setor pode utilizar essa modalidade para marcar presença na área de responsabilidade social   Sua empresa dá oportunidade aos funcionários de trabalhar…

Leia mais
Novas regras de marketing jurídico devem ser usadas para difundir conteúdo relevante

Novas regras de marketing jurídico devem ser usadas para difundir…

Andersen Ballão Advocacia atualiza práticas para garantir uma comunicação democrática e informativa   Trazer informações embasadas, atuais e de interesse público é também um serviço…

Leia mais