Artigos e Publicações

Arte paranaense a seu dispor

Arte paranaense a seu dispor

Publicado em 07/01/2020

Exposições dão oportunidade aos curitibanos de conhecer melhor os artistas que fizeram e fazem história no Paraná.

O escritório Andersen Ballão, por meio de seu Departamento de Assuntos Culturais e de Terceiro Setor, presta assessoria em todas as questões jurídicas e administrativas do Museu Alfredo Andersen e da Sociedade Amigos de Alfredo Andersen. Entre as missões do espaço e da entidade, está a promoção da arte paranaense. Diante disso, no primeiro semestre deste ano, três exposições foram organizadas para dar aos curitibanos a oportunidade de conhecer melhor alguns dos artistas que fizeram e fazem história no Estado. Abaixo seguem as indicações do Departamento da ABA.

Cerca de 80 obras do pai da pintura paranaense e de seus discípulos são o destaque da exposição “Trajetória: 114 anos da Escola de Alfredo Andersen”, em cartaz no Museu Oscar Niemeyer (MON) até o dia 12 de março. Nessa mostra, é possível encontrar obras do pintor Alfredo Andersen e de alguns de seus principais alunos – que também se transformaram em importantes artistas locais, entre eles: Estanislau Traple, Theodoro de Bona, Lange de Morretes, José Daros, Helena Wong e Domício Pedroso.

O Museu Alfredo Andersen (MAA) também traz à memória a importância do legado do pintor norueguês por meio da exposição “Um século de Arte no Paraná”, em cartaz até o dia 5 de março. Nela, de igual forma é possível ter contato com obras que marcaram a história da arte no Estado.

Já a exposição “Poema Sem Rosto” aborda a arte paranaense contemporânea. A mostra, também em cartaz no MAA, revela o talento da artista Ivana Lima por meio de 25 gravuras digitais associadas à época de infância da gravurista. Foram usadas fotografias pessoais da artista e de seus amigos para ilustrar situações cotidianas com personagens sem rosto definido, o que permite que o visitante se projete e se identifique com as memórias de Ivana.

Para o Dr. Wilson José Andersen Ballão – sócio fundador da ABA, presidente da Sociedade Amigos Alfredo Andersen e um dos maiores colecionadores do pintor norueguês – do qual é bisneto – trata-se de exposições de extrema importância para perpetuar a memória e o trabalho daqueles que marcaram a pintura paranaense, muitos deles precursores do Movimento Paranista. “Foi uma curadoria ampla, algumas obras vieram do meu acervo, outras foram garimpadas na própria Noruega. Vale a pena prestigiar o repertório de um estrangeiro que escolheu ficar no Brasil mesmo diante das inúmeras dificuldades de se viver de arte na Curitiba da época e mesmo com convites do Governo norueguês para o seu retorno à terra natal”, enfatiza.

Exposição Trajetória: 114 anos da Escola de Alfredo Andersen

Data: até o dia 12 de março
Hora: de terça a domingo, das 10h às 18h, com acesso às salas até às 17h30.
Local: Museu Oscar Niemeyer (MON).
Endereço: Rua Marechal Hermes, 999 – Centro Cívico.
Entrada: R$ 12 (inteira) e R$ 6 (meia)

Exposição Um século de Arte no Paraná

Data: até o dia 5 de março
Hora:Segunda a sexta, das 9h às 18h. Sábados e domingos, das 10h às 16h.
Local: Museu Alfredo Andersen
Endereço: Rua Mateua Leme, 336 – São Francisco
Entrada: gratuita

Exposição Poema sem Rosto

Data: até o dia 26 de março
Hora: Segunda a sexta, das 9h às 18h. Sábados e domingos, das 10h às 16h.
Local: Museu Alfredo Andersen
Endereço: Rua Mateua Leme, 336 – São Francisco
Entrada: gratuita

Matérias Relacionadas

Métodos alternativos de resolução de conflito estão no DNA da Andersen Ballão Advocacia

Métodos alternativos de resolução de conflito estão no DNA da…

Negociação, conciliação, mediação e arbitragem são especialidades da banca e prática dos advogados da casa   O Brasil é o quarto país em número de…

Leia mais
Desoneração da folha de pagamento é prorrogada para 17 setores até 2023

Desoneração da folha de pagamento é prorrogada para 17 setores…

Continuidade do benefício, que venceria agora em dezembro, deve receber a sanção presidencial   O fim de ano trouxe um alívio para empresários de 17…

Leia mais
Empresas nacionais e com sede no exterior devem estar atentas à indicação do Beneficiário Final

Empresas nacionais e com sede no exterior devem estar atentas…

Instrução Normativa da Receita Federal indica a necessidade do registro em prazo de 90 a 180 dias da inscrição no CNPJ   É longo o…

Leia mais