Artigos e Publicações

Setor florestal move economia da Região Sul com foco na sustentabilidade

Setor florestal move economia da Região Sul com foco na sustentabilidade

Publicado em 1 de abril de 2021

ABA traz segurança jurídica a decisões de empresas e entidades que atuam no setor florestal

 

Com grande dinamismo no Sul do Brasil, o setor florestal tem movimentado novos negócios e abre fronteiras na economia nacional. Em todo o país, são 9 milhões de hectares de florestas plantadas, que respondem por 36% da produção de papel e celulose no país, de acordo com a Indústria Brasileira de Árvores (Ibá).

Entre os clientes da Andersen Ballão Advocacia, constam diversas empresas desse segmento, que utilizam seus serviços jurídicos para garantir toda a segurança e compliance necessários ao bom andamento do negócio.
São empresas que beneficiam matéria-prima para a indústria moveleira e da construção civil. Além das companhias atendidas, são prestados serviços a entidades de classe como a Associação Brasileira da Indústria de Madeira Processada Mecanicamente (Abimci).

Outro ramo que tem voltado a impactar o PIB do setor florestal é a exportação de toras brutas e madeira reflorestada, com destaque para pinus e eucalipto, com destino à China.

“A ABA atua em todas as etapas dos investimentos de seus clientes do ramo florestal, seja na compra e venda de áreas, na due diligence realizada em momentos de fusões e aquisições, e em toda a negociação envolvida”, explica o coordenador do Departamento de Direito Contencioso e Arbitragem da ABA André Bettega D´Ávila, especialista em agronegócios e no ramo florestal nacional e internacional.

Outros serviços jurídicos são prestados pela ABA no momento de resolução de disputas, envolvendo terras, benfeitorias e reflorestamento.

Mercado cobra indicadores ESG

Num mundo em que as decisões corporativas, cada vez mais, levam em conta a sustentabilidade, as empresas do ramo florestal estão muito focadas nas boas práticas e nos indicadores ESG (que reúnem questões de meio ambiente, sociais e de governança).

“A adoção desses parâmetros traz grande receptividade do mercado, pois os negócios sustentáveis tendem a ser privilegiados em relação ao capitalismo descolado das boas práticas”, avalia André Bettega D´Ávila.

No agronegócio, há um incremento da digitalização no campo, acelerada pela pandemia da covid-19. “Um destaque são as startups do agronegócio, chamadas agrotechs, que trazem serviços como o GPS para a área rural, satélites de monitoramento de plantio, entre outros”, pontua.

Matérias Relacionadas

Atendimento full service em diversas regiões do país marca serviço da ABA no setor de óleo e gás

Atendimento full service em diversas regiões do país marca serviço…

Questões contratuais e trabalhistas são algumas das demandas atendidas pelo escritório, além de regulações ambientais, consultas em geral, entre outras   Basta acompanhar o noticiário…

Leia mais
Andersen Ballão Advocacia é citada no ranking de melhores escritórios da Chambers & Partners

Andersen Ballão Advocacia é citada no ranking de melhores escritórios…

Entrevistas com empresas brasileiras e estrangeiras comprovam profissionalismo e serviços de alto nível   Em seus 41 anos de tradição na advocacia brasileira, a Andersen…

Leia mais
Consultoria jurídica ajuda empresas a prevenirem riscos

Consultoria jurídica ajuda empresas a prevenirem riscos

Advogados habilitados podem realizar os serviços de consultoria, que deve ser multidisciplinar para maior segurança nas decisões  Contratos sociais mal redigidos, uma proliferação de processos…

Leia mais