Artigos e Publicações

2023: um ano de crescimento do Terceiro Setor e retomada na área da Cultura

Publicado em 21/12/2023

No balanço do ano de 2023 temos uma avaliação positiva do Terceiro Setor e da Cultura. Confira as ações que justificam essa perspectiva

O ano de 2023 se encerra positivamente para o Terceiro Setor e para a Cultura graças ao crescimento expressivo de investimento e a retomada de políticas públicas de incentivo. Segundo a coordenadora do Departamento de Terceiro Setor e Cultura da Andersen Ballão Advocacia, Marcella Souza Carvalho, após anos complicados de pandemia e pós-pandemia, “há acontecimentos e índices importantes para celebrar”.

Segundo o Censo GIFE 22/23, principal pesquisa sobre investimento social privado e filantropia do país, as Organizações de Investimento Social Privado mobilizaram R$ 4,8 bilhões para o terceiro setor em 2022, o que corresponde a um crescimento de 20% comparada a última pesquisa.  Ainda segundo o relatório, os setores que mais receberam investimento foram educação, seguida por cultura e artes, saúde, empreendedorismo e geração de renda, defesa de direitos, combate à pobreza e a fome e sustentabilidade.

O Censo mostra que 46% dos recursos vêm de empresas mantenedoras. Outro dado relevante é sobre o uso de leis de incentivos fiscais. O estudo mostrou que 62% das organizações usam a Lei Rouanet de incentivo à cultura e 54% a Lei de Incentivo ao Esporte. “Esses dados revelam o olhar das empresas privadas para o apoio a instituições e projetos que podem trazer como contrapartida, benefícios fiscais”, explica Marcella.

Na área da Cultura, podemos comemorar o ano de 2023 como um tempo de retomada significativa, com a volta do Ministério da Cultura e seus programas e leis de incentivo. Destaque para a criação da Comissão Nacional de Incentivo à Cultura (CNIC), a realização dos Encontros Nacionais de Gestores da Cultura e início da execução da Lei Aldir Blanc/Paulo Gustavo. “Com segurança de financiamento, voltamos a ter um leque maior de projetos, dando às empresas mais opções de ações culturais para poderem escolher apoiar aqueles que tem mais a ver com sua marca e valores”, comenta a coordenadora.

Aqui na ABA também temos muito a comemorar. As ações sociais, principalmente de final de ano, foram o ponto alto. Destaque para “Cartas para o Hospital Evangélico Mackenzie” e para as Ações de Natal com arrecadações, exposição Amor Arte Amor Criança e a contação de histórias no Instituto Princesa Benedikte. “Podemos celebrar 2023 como um ano de muito trabalho, mas também de muitas ações bem-sucedidas. Um ano de avanço”, avalia Marcella.

Matérias Relacionadas

Fórum Global e Crise no Rio Grande do Sul evidenciam…

Especialistas Reforçam Importância da Ação Coletiva e da Filantropia na Adaptação às Mudanças Climáticas. O F20 Climate Solutions Forum (CSF) 2024 reuniu líderes globais para…

Leia mais

Inteligência Artificial no Trabalho: O Equilíbrio Sutil entre Inovação e…

Limites Éticos e Jurídicos da Utilização de Inteligência Artificial pelos Empregados. Nos últimos anos, a ascensão da Inteligência Artificial (IA) tem transformado significativamente diversos aspectos…

Leia mais

Inovação Jurídica no IDD Summit 2024

Advogados da ABA palestraram sobre restituição de créditos vinculados ao investimento em inovação tecnológica e a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD). A Andersen…

Leia mais