Artigos e Publicações

O empregado “hipersuficiente” pela nova lei trabalhista

O empregado “hipersuficiente” pela nova lei trabalhista

Publicado em 07/01/2020

Reforma trabalhista trouxe novo conceito ao direito brasileiro

Sancionada no ano passado, a Lei 13.467/17 veio com o intuito de flexibilizar as relações de trabalho no Brasil. Dentre as mudanças constantes da lei está a figura do chamado empregado “hipersuficiente”. Trata-se do trabalhador com escolaridade de nívelsuperior e remuneração igual ou superior a duas vezes o teto de benefícios no INSS – hoje um salário igual ou superior a R$ 11.062,62.

De acordo com o advogado do Departamento Trabalhista da Andersen Balão advocacia, Rafael Joppert, a partir da nova norma, o empregado que se enquadrar nessa categoria poderá negociar grande parte das condições de seu contrato de trabalho diretamente com o empregador, afastando inclusive normas coletivas definidas em acordos ou convenções coletivas. Além disso, a nova lei prevê que o empregado hipossuficiente pode ajustar um termo de compromisso arbitral para sanar eventuais conflitos com seu empregador.

“Os hipersuficiente são aqueles que não dependem mais de sindicato para a negociação de suas condições de trabalho. Com a reforma trabalhista, esta figura ganha mais autonomia, pois o que for decidido entre este empregado e seu empregador passa a equivaler a um acordo coletivo ou a convenção da sua categoria”, explica Joppert. Antes dessas mudanças, esse tipo de negociação só teria validade com a participação do sindicato.

Um exemplo importante é a fixação do índice de reajuste salarial – esse ponto pode ser fixado de forma individual, entre empresa e empregado hipersuficiente, de forma independente ao definido entre em negociação coletiva. Espera-se que essa liberdade possa facilitar a atividade econômica, concentrando a proteção legal nas categorias mais vulneráveis e permitindo aos profissionais em condições econômicas mais seguras negociarem com maior liberdade as condições de sua contratação.

Matérias Relacionadas

Entenda os efeitos da nova Lei de Igualdade salarial para…

Organizações precisam se adequar a novas regras de transparência e igualdade salarial para evitar multas de até 10 vezes o salário devido ao empregado ou…

Leia mais

Conheça mais sobre a atuação do Departamento Trabalhista da Andersen…

Com mais de 20 anos de experiência, o Departamento Trabalhista do ABA atua em quatro frentes atendendo integralmente as necessidades dos clientes Conhecer e instruir…

Leia mais

STF confirma saída do Brasil da Convenção 158 da OIT

Decisão histórica não modifica relações de trabalho quanto a demissões sem justa causa Após 25 anos de discussão, finalmente o no Supremo Tribunal Federal (STF)…

Leia mais