Artigos e Publicações

André Okamoto Ramos

Empresariado brasileiro aguarda novas medidas de desburocratização

Publicado em 30/04/2021

Autor:

André Okamoto Ramos |

Tanto a Medida Provisória 1.040/2021 quanto a Lei de LiberdadeEconômica (lei n. 13.847/2019) representam nítido avanço na modernização do âmbito empresarial brasileiro, assim como no comércio internacional, pois trazem maior acesso ao exercício da atividade econômica, facilitando-se a competitividade de empresas.

A nova MP 1.040/2021, publicada em 30/03/2021, visa à proteção dos investidores minoritários, com a facilitação de comércio exterior de bens e serviços e a liberação de atividades econômicas de baixo risco. Algumas das melhorias incluem a unificação de inscrições fiscais de âmbito federal, estadual e municipal no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ), eliminando, então, procedimentos de análise de viabilidade com automatização de checagem de nome empresarial; a manutenção de sistema eletrônico pelos órgãos envolvidos em processo de registro e legalização de empresas, viabilizando ao empresário consultar previamente a disponibilidade de nome empresarial e a possibilidade de ocupar o endereço onde a empresa será instalada em questão de segundos; entre outras.

Toda mudança legislativa que visa a simplificação de abertura de empresas e melhoria na execução de contratos será sempre bem recepcionada, quando a intenção é mitigar a elevada burocracia existente para se permitir o integral acesso ao mercado.

As mudanças legislativas têm, como principal objeto, a desburocratização que ainda existe entre empresas, empreendedores e Estado. É o que se vê, por exemplo, com a concessão automática de autorização de obras com expansão de rede elétrica no prazo de cinco dias, em caso de omissão. Outro exemplo seria a concessão automática,
sem prévia análise, de alvará de funcionamento e licenças para empresas enquadradas em atividade de grau de risco médio.

Assim, vê-se que há clara intenção de limitar a interferência do poder estatal e otimizar o tempo outrora despendido para viabilizar maior acesso à iniciativa privada no mercado.

Apesar da referida MP e de a Lei da Liberdade Econômica não estarem isentas de críticas, o caminho seguido demonstra a intenção de se consignar um maior viés liberalizante na seara econômica, reduzindo-se a necessidade de intervenção do Estado a depender do exercício da atividade realizada, o que é louvável. A modernização é um caminho inevitável, como resultado do amplo acesso, na atualidade, à informação e novas tecnologias, e as mudanças legislativas demonstram que estão tentando acompanhar referida modernização.

O que ainda falta desburocratizar

O projeto de conversão em lei da MP 1.040/2021, que atualmente tramita na Câmara dos Deputados e onde já recebeu mais de 250 propostas de emendas, ainda demonstra a necessidade de melhor improvimento das medidas adotadas. Seguimos no aguardo de novas alterações relevantes que serão proveitosas às empresas e empresários enquadrados nessas categorias.

Recomenda-se, principalmente àqueles envolvidos com importação e exportação de bens, empresários que se enquadrem no exercício da Lei de Sociedade de Ações e demais empreendedores, que se analise com bons olhos as recentes mudanças legislativas que, com certeza, servirão de apoio para mitigar o exercício de sua atividade empresarial.

Nesses casos, como em tantos outros, é salutar recorrer à consultoria técnica para o melhor aproveitamento desse estímulo.

Artigos Relacionados

Greve dos Servidores da RFB x Direito ao…

Conforme amplamente divulgado nos noticiários, os protestos dos auditores fiscais da Receita Federal já afetam significativamente as operações no Aeroporto Internacional de Viracopos, aumentando de…

Leia mais

Protesto de cheque prescrito ainda sujeito a cobrança…

O cheque é uma ordem de pagamento (à vista ou a prazo) que deve ser compensado no ato da sua apresentação pelo beneficiário ao banco…

Leia mais

Atraso na baixa de gravame de veículo quitado…

A opção pelo financiamento bancário no momento da aquisição de um veículo automotor é uma prática costumeira no mercado, senão a preponderante. Por intermédio do…

Leia mais