Artigos e Publicações

Licença Paternidade pode ser ampliada

Publicado em 8 de janeiro de 2020

O Senado Federal aprovou recentemente a possibilidade de ampliação da licença paternidade que atualmente é de cinco dias para 20 dias consecutivos. Essa mudança depende de sanção da Presidência da República para entrar em vigor.

A ampliação como proposta está condicionada à adesão da empresa empregadora ao programa Empresa Cidadã, não se tratando de benefício concedido automaticamente a todos os trabalhadores pais de recém-nascidos. Destaca-se também que o texto submetido à sanção presidencial não abrange os servidores públicos. Por outro lado, aplica-se para quem adotar ou tiver concedida a guarda judicial para fins de adoção.

A proposta integra projeto de lei que cria o Marco Legal da Primeira Infância (PLC 14/1), composto por um conjunto de ações que visam assegurar maior proteção a crianças de zero a seis anos de idade.

O programa Empresa Cidadã foi criado em 2008 com a intenção de estimular o aumento da licença maternidade de quatro para seis meses. Atualmente, a empresa que adere a esse programa para ampliar a licença maternidade pode abater do imposto de renda os valores gastos com o salário extra. Logo, em que pese pendente de regulamentação, a ampliação da licença paternidade, se sancionada, deve seguir a mesma sistemática com o gasto extra sendo suportado pela União Federal mediante abatimento desse custo no imposto de renda.

A ampliação da licença paternidade é considerada uma conquista no combate a desigualdade de gêneros no mercado de trabalho, como estímulo para fortalecimento de laços afetivos, além de possibilitar maior envolvimento do pai nos cuidados que a primeira infância demanda.

** Carla Ciendra é advogada, Bacharel em Direito pela Universidade Estadual de Ponta Grossa (1993) e pós-graduada em Direito Material e Processual do Trabalho pela Faculdade de Direito de Curitiba (1998). Ele é integrante do Departamento Trabalhista da Andersen Ballão Advocacia desde 2013.

Artigos Relacionados

É possível alterar o índice de correção monetária…

O índice mais comum para reajuste de preços de contratos de locação, o Índice Geral de Preços do Mercado (IGP-M), teve alta expressiva no ano…

Leia mais

Entenda o que mudou na Recuperação Judicial e…

A Lei 14.118, de 24 de dezembro de 2020, que entrou em vigor em 23.01.2021, alterou alguns pontos relevantes da Lei de Recuperação Judicial e…

Leia mais

Notas sobre Quotas Preferenciais sem Direito a Voto…

Em 10 de junho desse ano, o Departamento de Registro Empresarial e Integração (DREI) emitiu a Instrução Normativa nº 81/2020 consolidando diversos pontos muito discutidos…

Leia mais