Artigos e Publicações

No clima da copa: Andersen Ballão está presente em todo o mundo

Publicado em 27 de junho de 2018

Japão, Alemanha, México, França são alguns dos países em que o escritório mantém contatos e clientes

A primeira Copa do Mundo aconteceu em 1930, com 13 equipes participantes e foi sediada no Uruguai, país que também sagrou-se campeão. Realizado de quatro em quatro anos, é o campeonato de futebol mais esperado do mundo e, neste ano, está ocorrendo na Rússia. Para entrar no clima e mostrar que é tão eclético quanto a Copa, o escritório Andersen Ballão Advocacia apresenta alguns dos países em que mantém contato com clientes e parceiros.

Com vínculos profissionais em mais de 30 países, dentre eles Alemanha, Inglaterra, México, Espanha, França e Japão, o escritório é reconhecido pelo atendimento a clientes originados de todas as partes do globo. Segundo André Bettega D’Ávila, sócio-coordenador do Departamento de Contencioso e Arbitragem, dois pontos são importantes para esse sucesso. “O primeiro é o jurídico, já que a ABA é banca tradicional reconhecida local e nacionalmente com atuação no direito comercial internacional. E o segundo, o econômico, já que a ABA é o instrumento do processo de internacionalização de inúmeros grupos multinacionais, que aqui estabeleceram suas filiais”, afirma.

Para atender ao grande número de empresas estrangeiras que compõem sua carteira de clientes, os advogados e consultores da ABA são fluentes em vários idiomas, incluindo inglês, alemão, espanhol, francês e italiano. Destaque-se o German Desk, formado por advogados com anos de experiência e vivência na Alemanha, que prestam serviços especializados no atendimento a empresas de idioma alemão ou com interesses em países germanófonos.

“Cada vez mais os advogados estão prestando serviços no campo do comércio internacional. Trata-se de uma área do Direito ainda pouco explorada no ambiente acadêmico, mas em franca expansão na medida em que empresas brasileiras e estrangeiras necessitam de instrumentos de estabilização de transações econômicas internacionais, sobretudo em virtude de diferentes culturas jurídicas”, avalia Bettega.

Dos 32 países classificados à Copa da Rússia, a ABA mantém ou já manteve atividades com clientes ou parceiros na maioria deles: Alemanha, Argentina, Bélgica, Colômbia, Croácia, Dinamarca, Espanha, França, Inglaterra, Japão, México, Nigéria, Peru, Polônia, Portugal, Senegal, Sérvia, Suécia, Suíça e Uruguai.

Independentemente desse excelente relacionamento internacional, todos do escritório estão na torcida pela nossa Seleção Canarinho, rumo ao Hexa!

Artigos Relacionados

A covid-19 pode ser considerada doença ocupacional?

O aparecimento da covid-19 e a sua disseminação pelo mundo fez com que houvesse alteração no comportamento da sociedade como um todo. Aulas presenciais foram…

Leia mais

Entenda o Marco Legal das Startups e do…

O Projeto de Lei Complementar 249/2020, apresentado pelo Poder Executivo em 20 de outubro de 2020, institui o Marco Legal das Startups e do Empreendedorismo…

Leia mais

A multa não compensatória no direito contratual brasileiro

Na redação de um contrato é necessário que as partes negociem todos os aspectos que são considerados fundamentais, sendo o contrato final o resultado de…

Leia mais