Artigos e Publicações

Consultoria jurídica no setor tecnológico exige atualização constante e foco em pesquisa e desenvolvimento

Consultoria jurídica no setor tecnológico exige atualização constante e foco em pesquisa e desenvolvimento

Publicado em 1 de julho de 2021

Andersen Ballão Advocacia ajuda empresas a estruturar o modelo de negócio desde o início para levar soluções reais ao mercado

 

 

Para ajudar empresas que desejam inovar, o setor jurídico precisa, mais do que nunca, entender o negócio do cliente e acompanhar cada movimento do mercado em questão. Trata-se de um nicho em que o Brasil tem imensa oportunidade de crescer – afinal, o investimento em inovação representa mero 0,5% do PIB, ante cerca de 2% das principais economias do mundo. É por isso que, anos atrás, a Andersen Ballão Advocacia (ABA) estruturou um grupo de pesquisa para dar conta do setor tecnológico como um todo – e hoje essa expertise apoia gente que se destaca pelas soluções que leva ao consumidor final.

“Prestamos consultoria a empresas que desejam replicar modelos já validados nos EUA ou na Europa, ou que planejam inovar nacionalmente, mas em linha com o que há de melhor no mundo”, conta o advogado Rafael Cruz, coordenador do Departamento Corporativo da ABA e líder do atendimento ao setor tecnológico.

Entre os serviços prestados, o principal é ajudar o cliente a montar uma estrutura contratual, societária e tributária que traga os resultados almejados. “Para isso, é fundamental acompanhar de fato as novas tecnologias, de forma que o empresário consiga desenvolver sua ideia e contribuir efetivamente com seu ecossistema econômico.”

O que está por trás da inovação?

Sejam empresas desenvolvedoras de software e hardware, prestadores de serviço em nuvem, startups ou mesmo fintechs, as equipes ABA auxiliam o empreendedor no desenvolvimento do modelo de negócio, permitindo ao cliente entender os riscos envolvidos e tomar as decisões adequadas. Na sequência, é estruturado um plano do ponto de vista jurídico que permitirá explorar o nicho econômico visado. “O empresário muitas vezes tem boas noções comerciais, mas ele precisa de suporte para garantir a segurança jurídica, especialmente em setores mais regulados, como seguros ou o mercado financeiro”, analisa Cruz.

Outro ponto fundamental é garantir que a elaboração e revisão dos contratos da empresa levem em consideração o plano de desenvolvimento da empresa, evitando congelar o desenvolvimento com a impossibilidade de ajustar os serviços em paralelo com as inovações implantadas – e que não dificultem uma operação de aquisição (M&A) ou rodada de investimento.

Já no aspecto tributário, os advogados podem auxiliar a empresa a compreender mecanismos governamentais de fomento à Pesquisa e Desenvolvimento, cujo nível de detalhe exige um planejamento e organização interna desde a estruturação do modelo de negócio.

“Dizemos que os desafios são, ao mesmo tempo, oportunidades. Quando existe ausência de regulamentação ou mesmo de modelos similares no mercado, é preciso prestar muita atenção aos riscos envolvidos e considerar os pesos e contrapesos que possibilitem a maior segurança dentro do nível de risco aceitável pelo empreendedor”, pontua o advogado da ABA. “Nesses casos, é possível utilizar analogias, conceitos e princípios que norteiem as decisões, ainda que a resposta perfeita não exista”, completa.

Por fim, falar a língua do cliente do mundo tecnológico, e compreender as suas dores, é fundamental – só assim é possível chegar juntos às melhores soluções jurídicas que contribuam para a economia brasileira como um todo.

Matérias Relacionadas

Reflexos da pandemia exigem atuação jurídica certeira e global

Reflexos da pandemia exigem atuação jurídica certeira e global

Andersen Ballão Advocacia enfatiza importância do serviço de consultoria jurídica e da habilidade dos profissionais jurídicos Se uma coisa é certa no cenário pós-pandemia é…

Leia mais
Adesão do Brasil ao Protocolo de Madri traz agilidade ao registro internacional de marcas

Adesão do Brasil ao Protocolo de Madri traz agilidade ao…

Pedido de registro é simultâneo em vários países, em apenas um idioma e com taxa única   Desde outubro, o Brasil  é um dos 122…

Leia mais
Alerta às empresas: LGPD entra em vigor em 2020

Alerta às empresas: LGPD entra em vigor em 2020

Andersen Ballão atende grande número de clientes para consultoria ou projetos de adequação do uso de dados Com a proximidade da entrada em vigor da…

Leia mais